De Canção em Canção - O Vazio da Existência

Atualizado: 2 de fev.



Errantes.

Somos todos condenados a vagar pelo mundo em busca de algum sentido para a vida.


Através das lentes de Malick e da esplendorosa fotografia de Emmanuel Lubeski, nos deparamos com o não dito dos personagens ( Rooney Mara, Michael Fassbender, Ryan Gosling, Natalie Portman e Cate Blanchet ).



São todos plasticamente perfeitos. O que não impede de deixá-los à mercê dos labirintos das relações humanas que não fazem sentido.



Usando o rock genuíno, com corpos envelhecidos para contrastar com o elenco, ( Chili Peppers, Iggy Pop, Patti Smith entre outros ), vemos ali a mesma angústia que acomete quem tenta se equilibrar no vazio da existência.


Sem apogeu nem finais felizes para os personagens.



O Velho e o Novo Mundo se esbarrando na miséria humana.


Sem costura na trama.


Fragmentos.


Colagens da busca de cada um que caem no hiato da vida.


Processo, perda e ressignificação.

16 visualizações0 comentário