21/10/2017 - Juan Antonio Bayona e Alice Munro em "Sete Minutos Depois da Meia Noite" e "Noite"



"Nem sempre há um bonzinho, nem sempre há um vilão. A maior parte das pessoas fica entre um e outro".


"Não há nada de errado em querer que nossa dor acabe. Porque isto é a coisa mais humana que existe".


"Histórias são coisas selvagens, disse o monstro. Quando você as deixa à solta, quem sabe os estragos que podem causar?"


"Às vezes bruxas precisam ser salvas".


"Humanos são feras complicadas".


"Toda criança quer ter em sua vida alguém para dizer que não há nada de errado em pensar algumas coisas" diz o diretor Patrick Ness.


"Existem verdades não ditas".


"As pessoas não gostam do que não entendem. Ficam com medo."



Conto | "Noite" (Alice Munro) - ( Leia Aqui )


"A ideia estava ali e balançava na minha cabeça. A ideia de que eu podia estrangular a minha irmã mais nova, que dormia na cama embaixo da minha e que eu amava mais do que qualquer pessoa no mundo. Eu podia fazer isso não por ciúme, por maldade ou por raiva, mas por loucura, que podia estar deitada bem do meu lado durante a noite", pensava a personagem do conto Noite, de Alice Munro, a canadense laureada com o Nobel de Literatura.


E, para fugir do medo que sentia daquela loucura tomar conta dela, a garota saía andando pelos arredores da casa durante a madrugada, que ficava em uma comunidade semi-rural da província de Ontário, Canadá.


Este é o enredo de uma das narrativas de Vida Querida. Um conto inquietante, que analisa pensamentos obsessivos e macabros que uma adolescente, não se sentia capaz de deter.


Perdas, transições, passagens, desejo, vida... Vida Querida.



Filme | Sete Minutos Depois da Meia Noite (Juan Antonio Bayona) - ( Assistir Aqui )


Sete Minutos Depois da Meia-Noite mostra a difícil vida de Conor, um garoto que sofre bullying no colégio enquanto a mãe tenta se curar de um grave câncer. Relutante em aceitar a difícil situação, ele tenta desesperadamente fugir da realidade. Afinal, Conor não pode viver com o pai, que abandonou a família, nem com a avó, de temperamento explosivo, que não possui tanta afinidade com o menino.


É neste período que o garoto, como num sonho, começa a se comunicar com uma árvore que se transforma num monstro gigantesco e que, diariamente, acorda o garoto sete minutos após a meia-noite para contar uma história sem os típicos finais felizes dos contos de fadas.


São histórias duras, frias e cruéis, que espelham o que o garoto está sentindo. O monstro é aterrorizante, mas necessário, fazendo com que Conor enfrente a verdade e a dor em sua vida.


Sete Minutos Depois da Meia Noite é uma metáfora madura sobre como lidar com a perda de um ente querido numa fase em que se "é velho demais para ser criança e muito novo para ser um homem".




Esperamos por você.


Material de Apoio:


ACESSE O CONTO - ( Leia Aqui )


ASSISTA AO FILME - ( Assistir Aqui )


Quando?


21/10/2017 às 16h.


Onde?



Av. Moema, 493 – Moema




Realização





Participação




www.acasafrida.com.br



Patrocínio










Av, Jurema, 383.


Al. dos Aicás, 620.


Av. Juriti, 218.


Rua Inhambu, 1285 E







8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo