16/07/2022 - "Minha Vida de Cachorro" aliado ao conto "Biruta"

Confraria das Lagartixas promove Encontro de Cinema, Literatura e Arte.





Filme | "Minha Vida de Cachorro" de LasseHallström


Narra a história do menino Ingemar que, devido ao agravamento da saúde de sua mãe, é enviado para casa de parentes em uma vila no interior da Suécia, nos anos 1950. No início, Ingemar tem dificuldades de se adaptar à nova vida e superar as saudades da mãe,do irmão e de sua cadelinha Sickan. Com o tempo, acaba vivendo experiências que o marcarão pelo resto da vida.





Para se consolar da sua dor, o menino Ingemar, pensa em histórias mais tristes que a sua, como a de uma freira que foi ajudar as pessoas na Etiópia e acabou morta a pauladas. Ou sobre a cadelinha Laika, que os russos tinham acabado de mandar para o espaço num Sputnik e que morreria lá de fome.


Ao mesmo tempo cômico e comovente, é uma descrição tremendamente honesta da natureza muitas vezes confusa da infância.


O filme aborda as dificuldades que as crianças enfrentam a partir de uma perda. O tornar-se adulto, com passos lentos e irreversíveis para a velhice.


Um dos grandes méritos do diretor Lasse Hallström e de seus roteiristas é criar uma galeria de tipos interessantes, fascinantes e bem desenvolvidos.


A descoberta da sexualidade através de experiências vividas dentro do universo infantil, com suas nuances cruéis e a postura amorosa de uma das habitantes da cidadezinha em que Ingemar vai viver após a partida da mãe.


Os laços que se estabelecem entre Ingemar e a menina Saga, que se descobre mulher através do amor do menino.


Trailer



 


Conto | "Biruta" de Lygia Fagundes Telles, do livro: Um Coração Ardente


Retrata a infância pobre e sem afeto humano do menino Alonso, acolhido por uma senhora apenas para lhe servir nas atividades domésticas mais humildes. Em sua vida de trabalho e privações, o menino conta apenas com o afeto de um cachorro, Biruta, cujas travessuras irritam a dona da casa que sempre castiga Alonso, inclusive, chegando a afastá-lo, em definitivo, do animal de estimação.


Para baixar o conto e ler na íntegra, clique no ícone abaixo.

Biruta – TELLES, Lygia Fagundes
.pdf
Download PDF • 483KB

“O meu objetivo é a condição humana. A condição humana me apaixona muito, então eu tento me desembrulhar, desembrulhando meu próximo."

Lygia Fagundes Telles


"Nesse ato de me desembrulhar, faço do próximo meu cúmplice, meu parceiro."

Lygia Fagundes Telles


"Tenho vontade de trazer este leitor até onde estou e na realidade nós somos parecidos, temos os medos, as esperanças.”

Lygia Fagundes Telles


"E arrastando os pés, num andar de velho, foi saindo para o quintal. Dirigiu-se à garagem. A porta de ferro estava erguida. A luz fria do luar chegava até a borda do colchão desmantelado."

Biruta - Conto de Lygia Fagundes Telles


"Alonso travou os olhos brilhantes num pedaço de osso roído, meio encoberto sob um rasgão do lençol. Ajoelhou-se. Estendeu a mão tateante. Tirou de baixo do travesseiro uma bola de borracha.

– Biruta – chamou baixinho – Biruta… – E desta vez só os lábios se moveram e não saiu som algum."

Biruta - Conto de Lygia Fagundes Telles


A genialidade de Lygia e a sensibilidade de Lasse Hallström, ao mesclar as questões sociais e humanas, vão criando no leitor/espectador um sentimento de cumplicidade com a condição da criança abandonada. Há um misto de verdade e inventividade construído na narrativa e no roteiro, que nos leva a se perder na ficção para se encontrar no sofrimento do outro, provocando, em nós, a reflexão e a esperança.


 

Quando?

16/07/2022

Roda de conversa on-line: das 16h às 18h

Onde?

Na sua casa através do aplicativo ZOOM - Baixar agora! - (Play Store) - (Apple Store)


Participação Especial:




Apoio:

Santa Cabeleira

A Casa Frida

Farabbud


 

O Link de acesso a sala ZOOM, será enviado para o e-mail cadastrado em nosso site às 8h00 no dia do evento.


Você também pode obter o link através do nosso grupo no Telegram.




Siga a Confraria das Lagartixas nas redes.





 


Perdeu alguma de nossas rodas de conversa? Assista as gravações em nosso canal no YouTube.


340 visualizações0 comentário